Mostrando postagens com marcador Série Corações De Diamante. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Série Corações De Diamante. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Doce Obsessão

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Corações de Diamante

“Eu não quero fazer promessas que não posso cumprir.” Desde que tiveram uma noite juntos, fazer amor novamente com Rachel Kincaid era tudo o que Matt pensava... além de destruir o império de diamantes Blackstone e vingar sua família. 
Próximo de alcançar seus objetivos, Matt é amaldiçoado pelo retorno de Rachel, agora como babá de seu filho, órfão de mãe. 
Noites com ela em sua casa eram torturantes. 
Matt estava possuído por sede de vingança e obcecado por essa mulher. 
Acostumado a ter todos os seus desejos realizados, agora o que ele queria era uma doce vingança... ou o doce amor de Rachel? 



Capítulo Um 

 Ele estava sozinho. 
Matt Hammond digitou o código que lhe dava acesso ao interior da House of Hammond e percebeu que a solidão era uma constante em sua vida nos últimos tempos. 
Até Lionel Wong, o braço direito dos seus negócios, e em geral o último a ir embora todas as noites, já fora para casa. 
Matt parou em meio ao silêncio e usufruiu a satisfação de estar ali. A sensação era sempre de estar voltando para casa. 
Era algo que se acostumara a desejar por causa de suas freqüentes viagens para o exterior nos últimos meses. Largou a pasta sobre a escrivaninha e se deixou afundar na sua cadeira de couro de espaldar alto. 
Estava exausto, mas se recusava a ceder ao cansaço. Os últimos seis meses haviam sido uma confusão. 
Quando será que a vida entraria nos eixos de novo? Afastou a pergunta da mente. 
A cada dia surgiam novos desafios, e ele enfrentaria cada um e venceria. Tudo o que lhe restava a fazer era vencer. Agarrou o monte de recados que a secretária deixara no centro da escrivaninha e franziu a testa enquanto o mesmo nome surgia diversas vezes. 
Jake Vance. 
Ou, na verdade, James Blackstone, o famoso herdeiro desaparecido dos Blackstone, finalmente retornara para o lar que o acolhera com entusiasmo. 
Matt atirou as mensagens no lixo. Não tinha a menor intenção de falar com um Blackstone, mesmo um que desaparecera por tanto tempo, e que não se sabia se desejava ou não carregar o nome da família. 
Para Matt eram todos traidores ou ladrões, até Kimberley Blackstone, que agora usava o sobrenome Perrini de seu marido. 
A traição dela fora a pior de todas. Matt esperara mais da prima. 
Kimberley se tornara seu braço direito nos últimos dez anos, porém no final agira como o pai. Era uma Blackstone da cabeça aos pés. 
E pensar que ela achava que a rivalidade entre os Hammond e os Blackstone poderia terminar. A raiva fria que permanecia sempre no seu íntimo ameaçou emergir, mas ele a dominou. 
Iria se vingar. Tudo o que os Blackstone haviam feito... e a lista era extensa... teria um castigo. 
Não demoraria muito. Ele era o Hammond no controle como deveria ter sido antes que Howard Blackstone deixasse a família sem seus ativos na Austrália, seguindo os próprios métodos inescrupulosos. 
Blackstone fizera fortuna tomando o que queria, principalmente dos Hammond, porém exagerara ao ficar com Marise. Matt jurara junto ao túmulo de Howard que o faria pagar caro. 
Apesar de seus planos terem sido interrompidos quando Vincent Blackstone se recusara a lhe vender suas ações em fevereiro, não havia nada que os Blackstone pudessem fazer para detê-lo agora. 
A equipe de Matt abordara paulatinamente os acionistas menores com ofertas ótimas, e no momento ele estava próximo do sucesso. Iria obter todas as ações dos pequenos investidores. 
Era só uma questão de tempo. Fitou a escrivaninha. Ainda nenhuma mensagem de Quinn Everard. 
Matt esperara que a essa altura o corretor de pedras preciosas tivesse uma pista sólida a respeito do diamante Rosa Blackstone. 
Talvez os contatos de Everard não fossem muito eficientes. Esse era o problema com objetos roubados, eram difíceis de encontrar. 
Em especial objetos que deveriam ainda pertencer à herança dos Hammond e não estar manchados pelo nome dos Blackstone. 
Com um suspiro, Matt retirou um contrato da pasta. Sorriu de leve. Sucesso. 
Com o acordo feito com os distribuidores New Zealand Pacific Pearl em suas mãos sairia vitorioso. Trabalhara muito nos últimos meses para desenvolver uma linha de reprodução de jóias antigas, e agora finalmente teria os frutos de seu esforço. 
De repente lembrou que não pudera pôr o filho Blake na cama, porque viera ao escritório. 
Bem, veria o menino pela manhã. Por mais que seu casamento com Marise tivesse se tornado vazio antes de ela ir para a Austrália, pelo menos ficara com o filho. 
Marise, sua esposa, falecera, mas será que fora ela a rir por último? 
Matt afastou a idéia de que Blake não era seu filho. 
Ele próprio fora uma criança adotada e sabia que o amor independia de laços de sangue. 
Entretanto, a dúvida continuava a assaltá-lo. 
Será que Howard Blackstone era o verdadeiro pai de Blake? 



DOWNLOAD
 

O Herdeiro Perdido

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Corações de Diamantes
 “Eu sou do tipo de homem com quem você passa uma noite e não se apaixona.” 
Jack Vance, um elegante executivo, era ouro charme e perigo dentro de um terno bem cortado. Quando decide dirigir sua atenção para a empresa Blackstone, uma das mais ricas negociantes de diamantes da Austrália, ele determina que a principal função de Holly McLeod era ser sua assistente, e a segunda, sua espiã. 
Para seu espanto, Holly descobriu um segredo sobre o passado de seu chefe que colocaria em xeque toda a sua estratégia. 
Mas, para seu espanto, Jake agiu de um modo inimaginável: a fim de salvar sua nova empresa, ele propôs que se casassem... e tivessem relações um pouco mais íntimas... 


Capítulo Um 

Riqueza e poder exalavam da enorme sala de conferências, permeando cada painel de cerejeira, cada fio do lindamente tecido carpete, as gigantes janelas panorâmicas aumentavam a aura de poder, emoldurando, à direita, o distrito central de negócios de Sidney, e à esquerda, o domo curvado do histórico prédio da rainha Vitória. 
Sutis linhas de luminárias focavam a mesa de conferência de onde uma mulher e três homens levantaram. 
Jake Vance reconheceu cada um: Kimberley Perrini; seu marido, Ric, atual presidente da Diamantes Blackstone; Ryan Blackstone, diretor financeiro; e Garth Buick, o secretário da empresa. 
Alguns dias antes, exatamente daquela posição, Jake soltou a bomba que deixou todos na sala incrédulos e tensos, mas era coincidência demais para Kimberley ignorar e ele pôde notar a curiosidade no rosto dela. 
Agora, a julgar pelas expressões paralisadas, eles tinham a prova. Descobrir que o irmão que davam por morto estava vivo era algo que mudava o curso de suas existências, ainda mais quando esse irmão estava prestes a receber parte substancial da fortuna Blackstone... 
Ele respirou fundo, este não era seu plano de dez anos; ganhar seu primeiro milhão, entrar no mercado norte-americano e doar dinheiro às causas favoritas de sua mãe sim, até talvez uma esposa e filhos. 
Mas não isso, não tornar-se a encarnação do bebê desaparecido mais famoso da Austrália. 
— James... Jake? — perguntou Kimberley Perrini hesitante, claramente confusa sobre como comportar-se, ele balançou a cabeça levemente e continuou em silêncio enquanto ela se sentava à mesa. 
Ele notou o bem cortado tailleur, o cabelo preso de forma eficiente, o ar de sofisticação e privilégio que irradiava dela, como se ela houvesse nascido daquela forma. 
Ele afastou sua incomum angústia e se concentrou em seu plano, detectar as fraquezas deles. 
Era estranho o primeiro encontro ao vivo com sua irmã. Sua irmã, meu Deus. 
Ele ignorou as implicações e continuou analisando, as similaridades entre Kimberley e Ryan eram óbvias: cabelos escuros com picos de viúva, olhos'verdes, mas, enquanto os dela mantinham certo cuidado otimista, os de Ryan Blackstone demonstravam pura hostilidade, que exalava até mesmo da sala cheia de ostentação, dos movimentos e gestos que o homem fazia de dentro do seu terno de mil dólares. 
Jake olhou de relance a mesa onde Garth Buick permanecia sentado, os dois mais jovens, Ric e Ryan permaneciam em pé, atrás dele, como se levantados eles tivessem alguma vantagem psicológica. Jake também usou essa tática várias vezes. 
— Nós analisamos os documentos de April Kellerman, assim como os testes de DNA — disse Ric Perrini, indicando uma cadeira para Jake. 
— E? — Jake se sentou, Ric e Ryan fizeram o mesmo em seguida. 
— Parece que você realmente é James Hammond Blackstone. 
Ao mesmo tempo todos exalaram e um ar de expectativa tomou a sala, espalhando-se como uma neblina fria, o ar gelado como o de uma, sendo que o frio vinha dos dois homens que haviam se digladiado pela presidência após a morte de Howard. 
Jake endureceu sua feição, de forma que não traísse a si mesmo. Emoções demonstram vulnerabilidade, o que significava que seus inimigos teriam uma fraqueza para explorar. Não mostre nada, não revele nada. 
— Quer dizer que Howard estava certo — disse Kimberley finalmente. Ric consentiu. 
— Parece que sim. Ela franziu o cenho e abriu a boca para falar algo, porém Ryan a interrompeu. 
— Nós pedimos que você viesse até aqui porque queremos discutir algumas coisas. Primeiro, seus planos para Blackstone. 
— O tom de voz seguro de Ryan não demonstrava a tempestade acontecendo dentro dele. 
— E gostaríamos de fazer uma oferta para comprar suas ações.



DOWNLOAD
 

domingo, 29 de julho de 2012

Série Corações De Diamante

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Promessa E Vingança
Visualizar


Amante por dez meses. Esposa por dez dias. Ex há quase dez anos. 
Ric Perrini, presidente da Blackstone Diamonds e solteiro mais cobiçado de Sydney, ainda tinha um prêmio a resgatar... Kimberley Blackstone. 
Atraí-la de volta para a empresa de seu pai, e que pertencia a ela por direito, seria a negociação mais árdua que Ric já executara. Seduzi-la para seus braços, a mais prazerosa. 
Ric já exigira a parte de Kim antes. 
Agora não aceitaria nada menos que sua total submissão ...


Capítulo Um


Os longos passos de Kimberley Blackstone, e a mala sofisticada que ela arrastava atrás de si, emanavam energia, enquanto ela deixava a alfândega no aeroporto internacional de Auckland e ia em direção à saída. Apesar da desvantagem de seus saltos altos, ela chegou ao portão externo rapidamente, pretendendo pegar o primeiro táxi da fila, sua mente já esquecendo as férias relaxadas para se concentrar em tudo o que a esperava em House of Hammond no primeiro dia de trabalho, após os feriados de Natal e Ano-Novo.
Não percebeu que a mídia a esperava até que fosse tarde demais.
Flashes explodiram a seu redor, como fogos de artifício do Ano-Novo.
Ela parou de modo tão abrupto que a mala que a seguia bateu em suas pernas.
Certamente aquele devia ser um caso de identidade confundida.
Kimberley não era alvo dos paparazzi por quase uma década, não desde que se distanciara de seu pai bilionário e de seus negócios de diamante. Mas não, era seu nome que eles chamavam.
Seu rosto era o foco das infinitas lentes que a circulavam.
O coração disparou de medo.
O que eles queriam? Que diabos estava acontecendo?
Sentindo-se confusa, ela olhou ao redor da multidão, procurando alguma dica, e seu olhar fixou-se numa figura leonina alta, forçando seu caminho para a frente.
Uma figura alta e familiar. Eles se entreolharam através do mar de cabeças, antes que as câmeras disparassem outra tempestade de flashes, desta vez, diretamente no rosto dela.
Enceguecida pelos flashes, e pelo choque momentâneo dos olhos que acabara de encontrar, Kimberley não percebeu a intenção dele até que ele conseguiu chegar a seu lado, possivelmente pela força de sua personalidade.
Ela sentiu o braço dele passar ao redor de seus ombros, puxando-a para o abrigo protetor do corpo poderoso, não lhe dando tempo para protestar, nenhuma chance para que ela erguesse as mãos e o empurrasse.
No espaço de um batimento cardíaco, Kimberley descobriu-se pressionada, dos joelhos até o nariz, contra 1,80 metro de masculinidade.
Ric Perrini. Seu amante por dez semanas tórridas, seu marido por dez dias tumultuados.
Seu ex por dez anos tranqüilos.
Depois de todo esse tempo, a sensação de estar nos braços dele não deveria ser tão familiar, mas, ah, Deus, era. Ela conhecia o cheiro daquele corpo e sua força muscular.
Conhecia seu calor, seu poder e cada resposta que aquele corpo poderia lhe despertar.
Também reconhecia a facilidade com a qual ele assumira o controle do momento e a determinação na voz profunda que sussurrou perto de sua orelha:
— Tenho um carro esperando.
DOWNLOAD
   








2- ORGULHO E SEGREDO
Visualizar







 “Estou grávida.”


Ela jamais deveria ter pronunciado essas palavras para Ryan Blackstone, seu amante e maior negociador de pedras preciosas as Austrália.
Mas Jéssica Cotter deveria ser mantida em segredo, e apenas poderia estar com ele atrás das cortinas de seu apartamento de solteiro.
Não havia qualquer futuro com o homem cujo mantra era “Nada de gatos nem de crianças”. Embora ela conhecesse as regras, decidiu quebrá-las.
Agora, não tinha outra opção e teria de ir embora... A não ser que o homem com um coração tão duro quanto um diamante aprendesse a amá-la genuinamente...


Capítulo Um


— É hora de levantar, bela adormecida — disse a voz profunda. Em resposta, os cílios de Jessica Cotter estremeceram. Uma mão máscula segurou seu ombro e lhe afagou a pele.
Ao toque do amado, quente e forte, Jessica gemeu de satisfação e se ajei¬tou melhor sob as cobertas. — Acorde, Jess. Entorpecida, sentiu que ele se aproximava, inclinando-se sobre seu corpo, mas em vez de beijá-la, afastou as cobertas.
Fechando os olhos com força, Jess protestou com um resmungo.
Então sentiu seu odor masculino e sexy.
A sensação do que acontecera na noite anterior perdurava no ar. Jessica aguardou pelo toque, espreguiçando-se sob os lençóis de cetim.
— Levante-se, Jessica! Ela abriu os olhos e levou um instante para perceber onde se encontrava.
Na cobertura de Ryan Blackstone. Na manhã do funeral de seu pai.
O enterro de Howard Blackstone.
Não era de admirar que Ryan não estivesse disposto a...
— Pensando melhor, não precisa levantar já — disse ele de repente. — Tomarei um banho primeiro. Durma um pouco mais. Porém Jessica se sentou na cama, já completamente desperta, e tentou ocultar a nudez com o lençol, mas não precisava se preocupar,
Ryan já lhe dera as costas. Céus, dormira demais. Os dois haviam dormido demais.
O rumor da água escorrendo pelo chuveiro cessou, a porta do banheiro se abriu, e Ryan surgiu enxugando o cabelo escuro. Estava totalmente despido.
O físico masculino mais deslumbrante que já vira.
E fitou o relógio de pulso, fez um gesto impaciente e caminhou para o closet.
Jessica tornou a fechar os olhos. Seria difícil.
O barulho da água do chuveiro cessou. Jessica não se moveu. Esperou.
A porta do banheiro se abriu, e Ryan surgiu, ainda esfregando a toalha no cabelo escuro, em meio ao vapor. Estava total e desavergonhadamente despido.
Os músculos fabulosos se moviam enquanto continuava a se secar, deixado-a muito excitada.
Tratou de fechar os olhos. Quando os reabriu, Ryan trajava um terno escuro que contrastava com a alvura da camisa leve, própria ao intenso calor de fevereiro em Sydney.
Ryan abriu caminho em meio às roupas espalhadas no chão, lembranças da noite anterior, e isso a fez corar. Deve ter visto algo em seu rosto, pois se aproximou e sentou na beira da cama.
— Você é a mulher mais tentadora no mundo.
— E você se deixa tentar com facilidade? — perguntou Jessica com malícia na voz.
— Poderia ficar aqui o dia inteiro.
DOWNLOAD









Série Corações de Diamante
1- Promessa e Vingança
2- Orgulho e Segredos
 3)Amante por um Milhão - Sem ebook
 4) Seda e Sedução - idem
 5) O Herdeiro Perdido - idem
 6) Doce Obsessão - idem