Mostrando postagens com marcador Jennifer Lewis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Jennifer Lewis. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Doces Sentimentos

ROMANCE CONTEMPORÂNEO


Inimigos ou amantes?

Daniyah Hassan pagou o preço por ter desafiado o pai e saído de casa para ficar ao lado do homem que acreditava amar. 

Agora, ela voltou a Omã com o coração partido, jurando nunca mais se envolver com alguém… Até conhecer Quasar Al Mansur. 
Esse notório playboy é famoso por suas conquistas. Contudo, nenhuma mulher o fizera perder a cabeça como a bela e vulnerável Dani. Quasar sabe que ela é estritamente proibida. 
Porém, nem mesmo uma antiga rixa entre famílias fará com que Quasar desista de conquistá-la.

Capítulo Um

Ir à sua livraria favorita em Salalah era como adentrar um capítulo de As mil e uma noites. Para chegar lá, Dani tinha de cruzar o mercado de rua local, passando pelas pilhas de cenouras e repolhos, as caixas de figos, encontrando o seu caminho por entre multidões de velhos usando seus compridos dishdashas e turbantes, como deviam fazer há milhares de anos.
E então, havia a livraria em si. A porta dupla de madeira marcada pelo tempo era salpicada de grandes rebites de metal, como a entrada de um castelo. 

Apenas uma pequena secção dela se abriu e ela teve de pular a parte de baixo da porta para adentrar a esfumaçada escuridão do interior do estabelecimento. A fumaça era incenso, perpetuamente queimando em uma lâmpada a óleo de cobre, pendurada em um dos cantos da loja, misturada com a fumaça do comprido cachimbo trabalhado do dono da livraria, que estava sentado em um canto, examinando as páginas de um grosso volume com capa de couro, como se mantivesse a loja apenas para satisfazer ao seu próprio prazer pela leitura. 
Era completamente possível que o local servisse de fachada para algo ilícito, considerando que era raro encontrar clientes ali, mas isso em nada diminuía a apreciação de Dani pela atmosfera relaxante.
Como as laranjas do lado de fora, os livros estavam empilhados no chão. Ficção, poesia, tratados de navegação, conselhos para o treinamento de camelos, tudo estava ali em árabe, e tudo tinha praticamente 50 anos, com capas de couro escurecidas devido a passagem de muitos dedos ensebados sobre as suas suaves superfícies. Ela havia encontrado várias preciosidades ali, e sempre visitava a loja com um arrepio de expectativa, como alguém se lançando em uma jornada onde qualquer coisa poderia acontecer.
Naquele dia, ao cruzar o batente da porta e encher os pulmões com o ar fragrante, notou um visitante desconhecido no interior pitoresco da livraria. A luz vinda de uma das pequeninas janelas altas lançava um brilho difuso sobre o jovem alto e de ombros largos.
Dani estremeceu. Não gostava da ideia de um homem no seu reino encantado de livros mágicos. Não gostava de homens em nenhum lugar, mas dava um passe livre para o dono da loja, considerando que este era calado, gentil, e lhe dava generosos descontos.
A caminho da pilha de livros de poesia que o dono da livraria havia comprado em um bazar em Muscat, que começou a investigar no dia anterior, resolveu passar pelo homem. Quase havia comprado um deles na ocasião, e, à noite, resolveu que não iria embora sem um.
O desconhecido estava usando roupas ocidentais, jeans e uma camisa branca, para ser exato, e ainda sapatos de couro de aparência cara. Ela o fitou com desconfiança ao passar por ele, arrependendo-se quando ele ergueu o olhar para ela. Olhos azuis-escuros adornados por cílios negros se fixaram nos dela. Ele a examinou do alto do nariz aristocrático e o vestígio de um sorriso se esboçou na boca de aparência arrogante. 

Uma Dani mais jovem e tola poderia tê-lo achado “bonitinho”, mas não era mais assim. Ela se preparou para o caso de ele ter a coragem de lhe dirigir a palavra.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Interesses do Amor

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Filhas do Poder
Realeza americana.

Como se não bastasse descobrir que é a filha secreta do presidente dos Estados Unidos, Ariella Winthrop ainda se apaixona por um príncipe inglês.
A vida não poderia ficar mais complicada... Ou poderia?
Divertir-se com Simon Worth em encontros apaixonados, ainda que secretos, é uma coisa. Mas um relacionamento sério?
A monarquia britânica definitivamente não quer ver um dos seus amados príncipes envolvidos com uma americana rodeada de escândalos.
No entanto, tudo muda quando Ariella descobre que espera um bebê de sangue azul. Agora, ela não terá mais como disfarçar...

Capítulo Um

– O príncipe está olhando para você. 
– Talvez a taça dele esteja vazia. – Ariella Winthrop enviou uma mensagem de texto pedindo outra rodada de salmão e caviar. O evento de gala que planejara era para arrecadar fundos para um hospital, e havia quase 600 convidados no salão. 
– Vou mandar um garçom até ele. 
– Você nem o olhou. – Francesca Crowe, uma glamourosa amiga dela, era uma das convidadas da festa e se encaixava perfeitamente na multidão de bilionários.
Costumava ser constrangedor quando as amigas de Ariella iam aos eventos dela e queriam conversar e ficar por perto enquanto ela precisava cuidar dos detalhes. Felizmente, podia ser franca com Francesca. 
– Estou ocupada trabalhando. E tenho certeza de que você está imaginando coisas. – Ela sequer olhou para o príncipe. Com sorte, ele já parara de olhá-la; estava começando a ficar envergonhada. 
 – Talvez ele esteja intrigado com a misteriosa filha do presidente dos Estados Unidos. 
– Vou fingir que não ouvi isso. E não quero mais saber da ideia de conhecer o presidente Morrow na rede de TV do seu marido. – Francesca sabia que ela estava brincando, mas o coração de Ariella se apertou ao pensar naquilo. Todos estavam falando dela e de seu famoso pai, e ela sequer fora apresentada ao homem. 
– Dê uma olhada. Ele é lindo. Contra a própria vontade, Ariella ergueu o olhar. Seus olhos se fixaram num homem alto. O cabelo loiro-escuro cortado curto contrastava com o smoking preto. Uma rajada de energia foi disparada pelo ar quando ele começou a caminhar na direção dela. 
– Oh-oh, ele está vindo para cá. 
– Eu disse que ele estava olhando para você. 
– O que será que há de errado? – A pulsação de Ariella disparou, e ela plantou no rosto o sorriso mais solícito que conseguiu enquanto ele se aproximava. Nunca era fácil saber se ela devia se apresentar naquelas situações. 
Afinal, estava trabalhando; não era uma das convidadas. Antes que Ariella pudesse organizar seus pensamentos, ele já estava diante dela, estendendo a mão. 
Então ela a apertou. A pegada dele era previsivelmente firme e autoritária. 
– Srta. Winthrop, Simon Worth. 
Ele sabia o nome dela? Provavelmente lera na imprensa, como todas as outras pessoas. 
– É um prazer conhecê-lo. – Os olhos dele se fixaram nos dela intensamente. De um tom cor de mel escuro, eles pareciam enxergar diretamente através da fachada profissional dela, vendo a mulher por trás de tudo. 
– Estou impressionado. – A voz dele era grave e fez algo despertar dentro dela. 
Ah, céus. Não havia nada de bom em se sentir atraída por um convidado da realeza. 
– Ah, obrigada. É muita gentileza. – Era infrequente que convidados agradecessem pessoalmente à planejadora do evento. Ou sequer percebessem que ela existia. 
– Gostamos muito de organizar eventos beneficentes.

Série Filhas do Poder
6– Interesses do Amor

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Doce Armadilha

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série O Juramento dos Drummond

A aposta mais ousada. 

Com negócios a resolver em Cingapura e uma relíquia secular de família para buscar na Escócia, James Drummond sabe bem o que é um desafio.
Mas seduzir a misteriosa Fiona Lam se tornou sua aposta mais arriscada.
Mesmo oferecendo a lua e as estrelas, ela prefere outro presente… Na verdade, Fiona tem uma oferta.
Disputar com James uma selvagem corrida de cavalo.
Se ela vencer, receberá de volta a fábrica de sua família e poderá recuperar a honra de seu pai.
Seduzir o sexy investidor é apenas uma forma de alcançar seus objetivos…
Até se tornar impossível ignorar o apelo da paixão!

Capítulo Um


O inimigo dela era bonito. Olhos cinzentos, cabelos escuros e feições aristocráticas... 
O próprio proprietário de terras escocês. Ela apertou a mão dele. 
— Prazer em conhecê-lo. Sou Fiona Lam. 
— James Drummond. 
Eu sei. Ela sorriu docemente. O aperto de mão era firme, e a pele, fria ao toque. A mão dela de repente ficou quente, e Fiona lutou para não a puxar. 
O resplandecente coquetel oferecido por um banco internacional zunia em volta deles, mas de algum modo as outras pessoas desapareciam no cenário. 
— Sou nova em Cingapura. Acabei de me mudar de San Diego. 
— Verdade? — Uma sobrancelha elegante arqueou-se. 
— Vendi meu primeiro negócio e estou procurando novas oportunidades. Você trabalha aqui? 
— Algumas vezes. — Ele ainda segurava a mão dela. Demônio descarado. Não era de admirar que tivesse fama de conquistador. 
— Tenho uma casa na Escócia. 
A grande propriedade da qual ouvira falar. Não se importava. Mas queria sua mão de volta. Estava ficando mais quente, e uma sensação desagradável começava a percorrer seu braço. Ela deu um puxão firme, e ele liberou os dedos dela com o fantasma de um sorriso. 
Fiona tentou não sacudir a mão. 
— Ouvi dizer que a Escócia é bonita. 
— Desde que goste de neblina. — Ele tinha um olhar penetrante. 
Não era de admirar que intimidasse seus rivais nos negócios. 
— Você não gosta? 
— Eu herdei tudo isso. Realmente a minha opinião não faria diferença. Posso oferecer um drinque? 
— Champanhe. — Ela suspirou de alívio quando ele se virou para encontrar um garçom. 
Aquele cara era muito intenso. O que era bom. Ela não tinha que gostar dele. Só precisava que ele gostasse dela. 
Ele retornou com duas taças borbulhantes. Ninguém a havia avisado de que era tão bonito. Era desconcertante. 
Na sua experiência, capitalistas eram geralmente sessentões com pelos crescendo nas orelhas. 
Ela tomou um gole e tentou não espirrar quando as bolhas causaram coceira em sua garganta. N
Não era grande admiradora de bebida alcoólica, mas queria parecer que se encaixava no mundo exclusivo de James Drummond. Ele ergueu o queixo esculpido. 
— O que a traz a Cingapura? 
— Estou examinando algumas oportunidades de negócio. Novamente, o cenho dele se ergueu. 
— Cuido dos meus próprios negócios. O que você faz?


Série O Juramento dos Drummond
1- Nos Braços do Amor
2- Abismo da Paixão
3- Doce Armadilha
Série Concluída

domingo, 19 de janeiro de 2014

Abismo da Paixão

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série O Juramento dos Drummond









Um encontro tropical… com uma reviravolta.

Para encontrar uma relíquia de família perdida há séculos, Vicki St. Cyr precisa da ajuda de sua antiga paixão, o caçador de tesouros marítimos Jack Drummond.
A proximidade coloca o sucesso do trabalho dela em risco, pois sua concentração é desviada pelo único homem que já lhe partiu o coração.
Seis anos atrás, Jack fugiu do amor.
Mas ele não pode negar a atração que sente por Vicki e como as noites com ela são quentes e apaixonadas.
Será que as chamas se apagarão quando Vicki encontrar sua relíquia? 

Ou Jack se permitirá descobrir o tesouro do amor verdadeiro?

Capítulo Um

 — Pronuncia-se “sã cir” — Vicki St. Cyr inclinou-se sobre o balcão do hotel. Estava acostumada a ter seu nome mal pronunciado. 
— Não acredite numa palavra que ela diz. 
— A profunda voz em seus ouvidos a fez virar. 
Familiares olhos escuros faiscantes estavam pousados firmemente na recepcionista do hotel. 
— Ela não é nem um pouco confiável. 
A jovem atrás do balcão levantou os olhos e seu rosto assumiu aquele brilho bobo de uma garota repentinamente diante da atenção de um belo predador.
— Posso ajudá-lo, senhor? 
— Eu a avisarei. — Jack olhou para Vicki e ela sentiu seu sangue aquecer. 
— Oi, Jack. — Vicki percebeu, tarde demais, que cruzara os braços na defensiva sobre o peito. 
— Legal vê-lo aqui. 
— Vicki, que surpresa. — A voz dele era tão espantada quanto a dela. O olhar parecia penetrar diretamente o exterior bem arrumado dela e queimar uma pequena parte de sua alma. Se ela ainda tivesse alma. 
— Ouvi dizer que está procurando por mim. 
Ela engoliu em seco. Como ele soube? Ela esperava pelo menos pela vantagem da surpresa. Mas Jack estava sempre dois passos à frente. Por que agora seria diferente? 
— Tenho uma proposta para você. 
Ele inclinou-se contra o balcão como um puma preguiçoso. 
— Que romântico. 
— Não esta espécie de proposta. — A voz dela tinha um tom afetado, professoral que ela instantaneamente lamentou. 
— Uma... proposta de negócio. 
— Talvez devêssemos ir a algum lugar mais reservado. Os olhos escuros acrescentaram uma sugestão subjetiva às palavras. Ele voltou-se para a recepcionista. 
— Ela não vai precisar mais do quarto. 
Uma onda de desejo, misturado com medo e antecipação e até mesmo... já... arrependimento pelo que estava prestes a fazer inundou o corpo dela. Ela colocou a sacola no ombro. Era forte agora. Podia lidar com ele. Teria que lidar. 
— Por que não precisarei do quarto? — A pergunta era puramente para constar, porque ambos sabiam a resposta. 
— Você ficará comigo. Como nos velhos tempos. — Sua boca sensual alargou-se mais ainda, como o sorriso de um crocodilo. Ele pegou a sacola dela e caminhou para a porta. 
Os olhos incrédulos de Vicki pousaram no traseiro dele, vestido com jeans desbotados e na maneira que sua camiseta gasta abraçava a musculatura grossa de suas costas. 
— Devo cancelar o quarto? — A recepcionista não tirava os olhos dele, mesmo depois que ele desapareceu através da porta giratória. 
— Haverá uma taxa de 50 dólares porque...
 




Série O Juramento dos Drummond
1- Nos Braços do Amor
2- Abismo da Paixão
3- Doce Armadilha
Série Concluída
 

domingo, 22 de dezembro de 2013

Nos Braços do Amor

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série O Juramento dos Drummond





Nada desperta mais o espírito romântico de Annie Sullivan do que a caça a uma relíquia perdida.

Ela não se cansa de ouvir as histórias dos ancestrais escoceses de Sinclair Drummond.
Quando, juntos, fazem uma busca na mansão dele, a tentação é maior e acabam cedendo ao desejo.
Divorciado, Sinclair tem a intenção de permanecer solteiro, e se envolver com uma funcionária pode ser complicado…
Ainda assim, ele convida Annie para comparecer a um baile como sua acompanhante.
Ela se sente a própria Cinderela, mas um drama familiar pode dissolver a fantasia antes das 12 badaladas...

Capítulo Um

 — Você tem certeza de que é seguro? Annie tentou disfarçar para não encarar as costas e nádegas de Sinclair Drummond, enquanto ele subia pela frágil escada de madeira para o sótão. 
— Não. — Ele olhou para baixo, sorrindo, deixando-a com as pernas trêmulas. 
— Especialmente com a maldição sobre nossas cabeças. 
— Acho que vou arriscar e subir também. Como funcionária, Annie Sullivan não podia recusar uma tarefa.
Assim, colocou o pé no primeiro degrau da escada, que estava apoiada na abertura do sótão. O lugar estava cheio de teias de aranha. A madeira do degrau estalou.
— Você já subiu aí em cima? 
Ela não tinha, o que era bem estranho. Sinclair alcançou a portinhola e a empurrou para abrir. 
— Claro que sim, quando ainda era moleque. Eu costumava me esconder aqui quando meus pais brigavam Annie franziu o cenho.
Era difícil imaginar a mãe dele, uma pessoa tão quieta e discreta, erguendo a voz. Mas não o pai, que havia falecido em um acidente de carro fazia alguns anos, pois não o tinha conhecido.
— Acho que ninguém mais subiu aqui desde então. — Ele desapareceu pela abertura escura, enquanto ela também chegava ao topo da escada com um temor antecipatório.
De repente, uma luz se acendeu. 
— Fico feliz que ainda funcione. Seria difícil achar um castiçal. Os pingos da chuva tamborilavam sobre o telhado e a voz de Sinclair parecia distante.
Annie apressou-se para alcançá-lo. Ao colocar a cabeça na abertura, viu um fio balançando com várias lâmpadas descobertas, presas na viga de madeira principal.
Não havia uma janela sequer. Caixas e engradados estavam espalhados por todos os lados, junto com mesas e cadeiras antigas e outras mobílias não tão facilmente identificadas.
Havia containers encostados na parede mais distante ainda com etiquetas.
— Então é isso que sobrou depois de 300 anos de história. Por onde começamos? — Annie estalou os dedos, nervosa por tocar nas posses da família Drummond. Aquilo devia fazer parte do seu cotidiano de trabalho. 
Se bem que tirar pó da casa e polir a prataria não era nem de longe tão emocionante quanto abrir um container antigo cheio de naftalina e mistério.
— Não faço ideia por onde começamos — disse Sinclair ao abrir a tampa de um baú, cheio de colchas dobradas. 
— Melhor ir fuçando e esperar que encontremos alguma pista. — Enrolou as mangas da camisa, enquanto Annie admirava o braço de músculos bem definidos.
 





Série O Juramento dos Drummond
1- Nos Braços do Amor
Série Concluída

domingo, 31 de março de 2013

Paixão Arriscada

ROMANCE CONTEMPORÂNEO 
Dinastia Os Kincaids
 

O beijo que lançou milhares de navios ao mar da paixão! Brooke Nichols nunca havia visto seu chefe, RJ Kincaid, agir de um modo tão estranho. 

Mas era de se esperar. Afinal, a mãe dele estava na cadeia por assassinar o seu pai, e um irmão ilegítimo havia se apoderado de boa parte do negócio de comércio marítimo da família, ao qual RJ tinha batalhado tanto para proteger. 
Apesar de tudo isso, nada era desculpa para o seu péssimo comportamento. 
Então, como uma boa assistente, Brooke o convidou para tomar um drinque, pois ele precisava relaxar. 
E o resultado desse happy hour foi um beijo... ou dois. Se ao menos ela não guardasse um segredo que poderia destruir os Kincaid, talvez o sonho pudesse durar para sempre. Se... 

Capítulo Um 

— Tem uma coisa boa nesta situação. — RJ Kincaid bateu o telefone na mesa de conferência, a voz estalando de furia. 
— Qual? — Brooke Nichols olhava fixamente para seu chefe. Não conseguia ver um lado bom. — Agora, sabemos que as coisas não podem piorar. — Os olhos dele faiscaram, e se inclinou à frente em sua cadeira. 
Os outros funcionários estavam sentados como estátuas na reunião. 
— Meus telefonemas para a promotoria, para a polícia, para os tribunais, para o senador... todos ignorados. Levantou-se e deu a volta na mesa. 
— A família Kincaid está sob ataque, e recebemos tiros por todos os lados. — Alto e imponente, com feições marcantes, cabelo escuro e olhos azul-acinzentados, RJ parecia um general indo à batalha. — E minha mãe, Elizabeth Winthrop Kincaid, a mulher mais honesta de Charleston, vai passar a noite atrás das grades como uma criminosa qualquer. Soltou uma série de palavrões que fez Brooke se encolher na cadeira. Trabalhava para RJ fazia cinco anos e nunca o vira daquele jeito. 
Normalmente, era o homem mais relaxado que se podia encontrar, nunca se abalava nem pelas mais acirradas negociações, tinha tempo para todos e uma abordagem casual da vida. 
Claro, aquilo fora antes do assassinato do pai e da revelação de que sua existência privilegiada e abastada era fundamentada em mentiras. RJ foi até seu irmão, Matthew. 
— É o diretor de novos negócios... Existem novos negócios? Matthew inspirou. Sabiam a resposta. 
Mesmo alguns dos mais tradicionais clientes haviam fugido da empresa depois do escândalo. 
— A conta Larrimore. 
— Sim, temos de fato uma nova conta na qual depositarmos nossas esperanças. Greg, como vão as finanças? — RJ foi até o diretor financeiro e, por um instante, Brooke pensou que fosse levantá-lo pelo colarinho. Greg, um homem de modos pacatos, encolheu-se em sua cadeira. 
— Como sabe, enfrentamos desafios... Desafios! 
DOWNLOAD








 Dinastia Os Kincaids
1- Obstáculos Do Amor
2- Uma Vida de Surpresas
- Conto extra 1 parte- Jack e Nikki
3- Paixão Arriscada
4- Á Beira do altar
- Conto extra 2 parte - Jack e Nikki

domingo, 13 de janeiro de 2013

Paixão Verdadeira

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Donos do Mundo

Ele recebera mais do que o combinado... 

Doce, singela, atraente e podre de rica, Bree Kincannon era exatamente a esposa que Gavin Spencer vinha procurando. 
Para completar, o pai dela havia oferecido à módica quantia de um milhão de dólares para que ele a tornasse sua esposa... 
Essa era toda a chance de que Gavin precisava para montar sua agência... 
Em um piscar de olhos, já estava cortejando Bree como nenhum homem jamais fizera. 


Porém, Bree logo descobriu a verdadeira história por trás da paixão repentina de Gavin. E bateu a porta do quarto em sua cara. 
Mas era tarde demais para voltar atrás... Gavin se apaixonara de verdade! 
E agora teria de convencer sua noiva de que seus motivos eram bem verdadeiros... 

Capítulo Um 

Humm E agora? O pai de Bree Kincannon acenou para ela do outro lado do salão de baile. 
Um aceno discreto que queria dizer que todo o mundo estava vendo. 
Bree enrijeceu ao vê-lo ele se aproximar, marchando em meio à multidão de pessoas muito bem vestidas. 
Seu pai deixara a mesa no instante em que terminara a sobremesa, a fim de ver e ser visto, como sempre fazia. 
Por seu lado, Bree, como sempre, estava sentada em uma cadeira para ouvir a música e esperar que a noite acabasse. 
Só comparecera porque a festa era destinada a levantar fundos para sua instituição de caridade favorita. Preocupada, ergueu os olhos para o pai, que se aproximava com os cabelos prateados brilhando sob as luzes do salão. A seguir ela notou o homem alto atrás dele. 
Oh, não. Não queria ser apresentada a mais ninguém. Imaginara que o pai já desistira de apresentá-la a cada solteiro disponível em São Francisco. 
— Bree, meu bem, queria que conhecesse uma pessoa. 
Ela sabia essa frase de cor. Já a ouvira muitas vezes ao longo de seus 29 anos de idade, e raramente conduzia a algo mais do que um único encontro constrangido com algum rapaz. 
Mesmo assim, levantou-se e plantou um sorriso nos lábios. 
— Gavin, esta é minha filha, Bree. Bree, este é Gavin Spencer, executivo do setor de publicidade na Maddox Communications. Gavin Spencer estendeu a mão que ela apertou com polidez. 
— Prazer em... Oh, céus! Bree ergueu o rosto e seu coração quase parou no peito. 
Cabelos negros e espessos emolduravam a fronte ampla. 
Uma levíssima sombra de barba escurecia as feições bem-feitas e uma boca larga e sensual. Ele era maravilhoso. 
— Conhecer? 








Série Donos do Mundo
1- Primeira Opção
2- Proposta Irrecusável
3- Regra do Coração
4- Devoção total
5- Paixão Verdadeira
6- Doce Segredo
Série Concluída

domingo, 11 de dezembro de 2011

Série Clube Dos Milionários I

ROMANCE CONTEMPORÂNEO

5- SEGREDOS E MENTIRAS


Ele havia encontrado a mulher perfeita...

Porém mentira para conquistá-la.

Jovem e inocente, Alicia Montoya acreditava estar pronta para viver sem a proteção de seu irmão. Por isso, se envolveu com Rick Jones, homem experiente e sedutor que a convidou para a sua cobertura. Fascinada por sua atenção e afeto, ela acreditou que seriam felizes para sempre... Até descobrir que ele na verdade era Justin Dupree, playboy, milionário e inimigo número um de seu irmão!

Capítulo Um

Quem nesse mundo ligaria àquela hora da noite?
Alicia Montoya retirou a mão de debaixo das cobertas e esticou o braço, tentando alcançar o telefone em sua mesa de cabeceira.
Ela estreitou os olhos para ver os números verdes no rádio-relógio.
2h07. Mas que diabos?
Alicia levou o fone ao ouvido.
— Alô?
— Você está bem. Graças a Deus.
— Quem está falando? — O sussurro sonolento era quase inaudível.
— Oi, linda.
Ah, meu Deus. Aquela voz bonita e profunda invadiu seus ouvidos e começou a despertar partes dela que ela nem soubera que existiam antes de conhecer Rick Jones.
— Olá, Rick.
— Estou tão feliz por você estar bem. — Alicia olhou para o relógio novamente.
— Eu estava bem, até o telefone me acordar. Não lhe disse para não telefonar para a minha casa?
Ela achou que seu irmão, Alex, ouvira o telefone tocar.
Provavelmente não.
Seu sono era bem profundo, e talvez o aparelho tivesse tocado por algum tempo, mas quase nada acontecia na área metropolitana de Houston sem que seu irmão tivesse conhecimento.
E a qualquer minuto ele poderia irromper pela porta, para ver o que estava acontecendo.
— Querida, tem certeza de que não é casada? — Rick a provocava sem parar sobre sua insistência em manter o relacionamento deles em segredo.
Se é que aquilo podia ser chamado de relacionamento.
Eles nem haviam se beijado ainda, mas deram-se as mãos uma vez. Aquilo contava, certo?
— Definitivamente não sou casada. — Ela riu. — Nem perto disso, mas já lhe disse que meu irmão é loucamente super-protetor. Acredite em mim, você não quer que ele descubra que você está me ligando às duas horas da manhã.
— Por que não? Você é adulta, pode fazer o que bem entender às duas horas da manhã.
— O tom de voz dele sugeria algumas coisas deliciosas que poderiam fazer juntos naquele mesmo momento.
Alicia se remexeu sob os lençóis.
Como seria ter Rick bem ali, na cama com ela?

DOWNLOAD








6- SEDUÇÃO SOLITÁRIA

Ele esperara longos anos para ter sua vingança.

Porém, talvez o amor desse a última palavra.

Alex Montoya fora somente o filho da governanta, tolo o suficiente para se apaixonar pela filha do patrão e depois ser chutado para escanteio.

Mas tornou-se um milionário obcecado por vingança.

Finalmente ele tinha Rebecca Huntington exatamente como queria... pagando a dívida de seu pai ao trabalhar como sua governanta. Alex prometera não sentir nada por ela.
Porém, seria muito difícil apagar certas lembranças...

Capítulo Um

Era inevitável. Rebecca Huntington sabia que seria uma questão de tempo até que o seu caminho cruzasse com o de Alejandro Montoya.
E, no caso, literalmente.
Deixando atrás de si o sol brilhante do Texas, ela entrou no Clube dos Milionários daquele listado e caiu direto nos braços dele.
Alejandro a segurou. Claro que segurou.
Graças aos anos que passara jogando futebol, tinha os reflexos de um gato.
Por um instante de loucura, o corpo de Rebecca se deixou levar pela lembrança e se colou ao dele automaticamente.
Quantos anos haviam se passado desde que tinham feito amor como se o tempo não existisse, mas apenas aquele momento de infinita satisfação?
Ela pensara ter encontrado o amor da sua vida.
Mas, pelo contrário, ele lhe tirara a inocência e terminara o relacionamento com incrível crueldade.
Ela levara anos para se recuperar do choque, e agora estava ali, de volta aos seus braços, ainda se sentindo assombrada pelo fantasma de um antigo caso de amor.
— Desculpe.A voz dele a arrepiou.
A passagem dos anos acentuara o seu sotaque latino, deixando-o ainda mais agradável do que na época em que haviam se conhecido.
— Se você me largar, eu vou embora.
Em parte, Rebecca queria se encolher e fugir, mas se recusava a lhe dar a satisfação de ver o quanto ele ainda a perturbava.
Assim, ela o soltou, mas não saiu do lugar. Por que ainda o segurava pela camisa?
O sol que entrava pela porta iluminava o seu rosto, deixando o dela na sombra.
Ela ficou grata pelo detalhe, assim que viu o brilho de irritação, quase de desprezo, que havia nos seus olhos.
Rebecca jamais entendera por que o relacionamento entre os dois dera errado.

DOWNLOAD








Série Clube dos Milionários I
1- Olhos Abertos
2- Noite de luar

3- Brincando com Fogo
4 - Única Opção

5- Segredos e Mentiras
6- Sedução Solitária
Série Concluída

domingo, 24 de julho de 2011

Cativa Do Deserto

ROMANCE CONTEMPORÂNEO


O príncipe do deserto Salim Al Mansur vivia um dilema: a mulher que ele desejava não poderia ser sua.
Embora determinado a casar-se e gerar um sucessor, ao reencontrar Célia Davidson, reconsiderou sua decisão.

Rejeitada no passado porque não seria uma noiva adequada, Célia compreendia que Salim não negaria seu dever.
Além disso, jamais poderia lhe dar um herdeiro.
Ou será que podia? Afinal, embora Salim fosse soberano no deserto, seu coração era governado por uma mulher!

Capítulo Um

Ele sabia?
Célia Davidson deu um profundo suspiro e tentou fazer suas mãos pararem de tremer.
O mar árabe brilhava do lado de fora da janela dos elegantes escritórios do hotel, lambendo a areia branca da praia. Lindas palmeiras e elegantes hotéis alinhavam a costa, dando a impressão de modernidade, de que o passado nunca tivesse existido. Com bastante dinheiro você podia refazer qualquer coisa.
A porta elaboradamente esculpida à sua frente se abriu e sentiu um frio na barriga.
— Sr. Al Mansur a receberá agora — disse a impecável secretária dele, sorrindo educadamente.
Célia alisou seu blazer, amassado pela longa viagem de Nova York a Oman, e enfiou uma mecha de seu cabelo louro atrás da orelha. Boba.
Ele não a trouxera lá para reacender o romance que vivenciaram um dia.
Ou trouxera? Aquilo certamente não iria acontecer.
Ela não lhe daria outra chance de estraçalhar seu coração.
E havia muito mais em jogo agora.
Um barulho de papéis vindo de dentro do escritório fez seu coração bater mais forte, mas ela corajosamente entrou na sala.
Paredes brancas, teto em forma de cúpula e duas janelas em arco davam-lhe a completa visão da linha do horizonte e do oceano abaixo.
Uma mesa antiga estava localizada no centro da sala, sem atravancá-la.
Atrás dela, de frente para as janelas, o espaldar alto de uma poltrona de couro ocultava seu ocupante.
Sua ansiedade aumentou quando a cadeira foi virada na sua direção.
Olhos escuros encontraram os seus.
Os cabelos negros estavam penteados para trás do rosto aristocrático e a boca larga e arrogante formava uma linha dura.
Infelizmente, ele estava ainda mais bonito do que quando ela o havia visto pela última vez, quase quatro anos atrás.
— Célia. — Ele se levantou da poltrona e caminhou em direção a ela:
Célia corou visivelmente e lutou para manter os pés firmes sobre o carpete espesso.
— Olá — gaguejou ela.
Então lhe estendeu a mão num cumprimento formal.
Um golpe de energia a espantou, embora não devesse, uma vez que ele sempre lhe causara tal efeito.
O coração de Célia ainda doía em conseqüência da última vez que ele a descartara, fechando as portas de sua vida para ela... Outra vez.

DOWNLOAD

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Série Escândalos da Alta Sociedade

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
1- AMOR EM SEGREDO




Princesinha grávida da alta sociedade.
Escândalo: Quem será o pai

O investidor Max Rolland não se envolvia em relacionamentos... Até Julia Prentice aparecer com o fruto da única noite que passaram juntos.
Ele não estava certo que o filho fosse seu...
Mesmo assim, pediu a mão dela em casamento.
Eles ficariam casados por um ano apenas.
No entanto, antes mesmo da assinatura do acordo pré-nupcial, Max já imaginava algo mais do que um mero contrato com Julia...

Capítulo Um

— Droga, Julia, atenda esse telefone — resmungou uma voz grave e profunda na secretária eletrônica, e des­ligando em seguida, fazendo Julia Prentice estremecer.
Ela já estava evitando as ligações de Max Rolland há dois meses, e ele ainda não havia desistido.
Não que ele a perseguisse ou coisa parecida.Era apenas um macho zangado em busca de uma explicação para o fato de ela não responder às suas ligações desde a noite surpreenden­temente sexy que eles haviam passado juntos.
A razão era simples.
Julia não conseguira pensar numa maneira de contar a ele que estava grávida.
— Uau! — disse Amanda Crawford, a melhor amiga de Julia, que dividia o apartamento com ela, além de ser uma extraordinária promotora de eventos, ao sair de seu quarto. — Ele parece realmente zangado.
— Eu sei — disse Julia em meio a um suspiro. No lugar dele, ela também estaria. Amanda abraçou a amiga rapidamente e disse:
— Você tem que contar a ele.
Aquilo parecia perfeito na teoria, pensou Julia ao se jogar na poltrona mais próxima.
— E como eu vou fazer isso?
— Simplesmente diga-o.










2- SOLTEIRO SOB MEDIDA



Escândalo: Ela se casaria por dinheiro?

Trent Tanford o poderoso magnata da mídia, tinha uma semana para encontrar uma esposa... ou perderia seu império.
Mas nenhuma de suas amantes casuais satisfazia as exigências de seu pai. Até que Trent reparou em sua inocente vizinha.
Com seus óculos de aros grossos e camisetas largas, Carrie Gray com certeza não tinha um passado que a condenasse.
Mas como ela se sentiria a respeito dos... deveres conjugais tão vitais para um homem como ele?
Trent tem dinheiro e charme suficientes para convencê-la.
Porém, jamais trocou uma palavra sequer com Carrie!
Como ele poderia aparecer do nada e perguntar:
“Quer se casar comigo?”

Capítulo Um

...transfira um milhão de dólares para uma conta bancária clandestina no exterior... ou as indiscrições de seu passado serão expostas...
No centro de seu escritório feito de aço e camurça, Trent Tanford inclinou-se em sua cadeira e jogou a carta no cesto de lixo. Não sentia raiva ou preocupação, apenas um desejo de voltar ao trabalho.
Ameaças não lhe eram estranhas... por e-mail, por correspondência ou por outras formas. Ele as recebera de seu pai; de empregados demitidos recentemente do império de meios de comunicação de sua família, a AMS, que tinham ficado furiosos.
E de mulheres, ex-amantes que haviam se recusado a aceitar o fim de um relacionamento.
As ameaças eram irritantes, sim, Mas impactantes? Não.
O magnata dos meios de comunicação de 31 anos sabia quem ele era e o que queria... nos negócios e na vida... e nenhuma influência externa mudaria isso.
Trent assinou uma pilha de contratos enquanto, do lado de fora das janelas que iam do chão ao teto à sua esquerda, o sol subia no horizonte, trazendo consigo um novo dia quente de agosto e um edifício de escritórios repletos de atividades.
— Bom dia, sr. Trent.
A porta de Trent estava aberta, como de costume, antes das 7h da manhã.
Ele cumprimentou sua nova executiva com um gesto de cabeça quando ela passou... uma bela ruiva que tinha se formado na Universidade de Nova York no ano anterior. Trent olhou para o relógio em seu monitor.
— São 6h30. Bom para você.
— Sim, senhor. — Ela deu um sorriso muito profissional e continuou andando.
Trent voltou ao trabalho.
Ela era bonita, mas ele nunca misturava trabalho com vida pessoal, sem mencionar o fato de que ela era jovem demais.
Mas Trent gostava de ruivas. Na verdade, tinha um encontro com uma ruiva naquela noite. Uma mulher muito linda, porém não muito brilhante.










3- LOUCAS FANTASIAS


Escândalo: Ele está seduzindo uma plebéia.

Principe herdeiro, empresário bilionário e solteiro, Sebastian Stone precisa de sua assistente Tessa Banks para manter sua vida em ordem.
Mas quando Tessa lhe dá o aviso prévio, ele recorre ao que sabe fazer melhor: seduzir.
Um tratamento de princesa, uma visita ao seu ensolarado palácio... todos os tipos de prazer, além da satisfação de suas loucas fantasias.
No entanto, quando o prazo chega ao fim, Sebastian descobre que seu plano tomara novos rumos: ele se apaixonara por uma mulher que jamais poderia desposar...

Capítulo Um

— Você não pode ir embora.
Sebastian Stone, o príncipe herdeiro de Caspia, emitiu a ordem com tamanha autoridade e convicção que Tessa Banks chegou a acreditar que ele realmente tinha razão.
As belas feições de seu chefe pareciam tensas devido à uma emoção mais intensa do que ele costumava demonstrar.
Passou a mão pelo seu cabelo preto e se levantou da grande mesa antiga de seu escritório, no centro de Manhattan.
Tessa sentiu um frio de ansiedade na barriga misturado ao calor da feroz excitação que Sebastian sempre provocava nela.
Mantenha-se firme. Esta é a sua vida.
Ela respirou fundo.
— Já trabalho para você como sua secretária há quase cinco anos. Aprecio muito a liberdade que me conferiu e a confiança que depositou em mim, mas acho que já é tempo de seguir em frente.
— Seguir em frente? — repetiu ele exasperado. — Isto aqui não é um trailer cigano, é um negócio, e eu conto com você para me ajudar a lidar com esta bomba que jogaram no meu colo.
Tessa conteve o desejo de salientar que a Caspia Designs talvez tivesse mais pontos comuns com um trailer cigano do que com uma verdadeira empresa.
O conglomerado de mar­cas de luxo era colorido, extravagante e carregado de tradi­ção. Uma bola de cristal talvez revelasse informações mais nítidas do que os livros contábeis da empresa, que só podiam ser descritos como "criativos".
Era evidente, porém, que seu chefe não estava com dispo­sição para brincadeiras.
Ele cruzou o escritório e pegou a pilha de papéis que ha­via crescido em sua caixa de entrada.
— Por favor, agende uma reunião para amanhã cedo com Reed Wellington. Quero consultá-lo a respeito dos meus planos para a Caspia Designs. — Sebastian se deteve e folheou a correspondência, franzindo suas majestosas sobrancelhas. — Também preciso que consiga alguém para tomar conta da minha casa aqui, nos Estados Unidos, durante as minhas ausências.
O quê? Ele planejava simplesmente ignorar o seu pedido de demissão?
Tessa permaneceu em silêncio, estupefata, sentindo sua pele começar a formigar, num misto de fúria e desespero.
Seu chefe balançou a cabeça ao avaliar um dos papéis.
Os pagamentos em atraso, provavelmente. Era uma visão nem um pouco bonita.
Ela desejou não estar partindo naquele momento crítico em que Sebastian precisava tanto de sua ajuda.
Pouco depois de assumir o comando da empresa, outrora prestigiada e con­ferido a ele pelo seu pai, o rei de Caspia, descobrira que os negócios iam de mal a pior.
Se era assim, porém, que ele se preocupava com as suas próprias necessidades, Tessa, na verdade, deveria estar feliz por deixá-lo em apuros.










Série:Escândalos da Alta Sociedade
1-Amor em Segredo
2-Solteiro Sob Medida
3-Loucas Fantasias
4- Estilo de Amar
5- Coração devastador
6- Voz do Coração
Série Concluída