domingo, 28 de abril de 2013

Amantes Ou Inimigos

ROMANCE CONTEMPORÂNEO 
Série Reis da California Parte II 



Um verdadeiro ranzinza mudara-se para perto da propriedade de Ivy Holloway e ela agora teria que ter toda a paciência do mundo para aturá-lo!

Tanner King queria que a fazenda de árvores de Natal dela fosse fechada para que ele pudesse desfrutar de alguma tranquilidade.
E ele até tinha poder e dinheiro suficiente para obrigá-la a cumprir a exigência dele, deixando Ivy com apenas uma opção: domar aquele homem duro e sem sentimentos.
Tanner havia encontrado um pouco de paz desde que se livrara da vizinha irritante.
Mas logo se viu preso a outro problema: não conseguia tirar da cabeça, e muito menos afastar as mãos, de sua lindíssima empregada.
A questão é que tanto a empregada quanto a vizinha eram a mesma pessoa... Seria possível amar o inimigo?

Capítulo Um
—Oi, eu sou a sua nova governanta.
Tanner King mediu a mulher da cabeça aos pés e voltou a olhar, detendo-se em suas curvas exuberantes, seu rosto em forma de coração e seus lábios carnudos. 
Aos 20 e tantos anos, adivinhou, ela tinha cabelos longos e loiros caindo sobre os ombros da camiseta amarela, e sua calça jeans desbotada moldava-se ao redor de suas pernas curtas e bem torneadas como a embalagem plástica de um CD novo. 
Seus olhos azuis brilhavam e, ao sorrir, formava uma covinha em sua face esquerda.
—Não, não é — disse ele.
—O quê? — Ela riu e o som de sua risada provocou uma reação tão imediata em seu corpo que fez Tanner se lembrar de que fazia muito tempo desde que estivera com uma mulher pela última vez.
Ele balançou a cabeça e disse:
—Você não é a governanta.
Ela ergueu uma de suas sobrancelhas douradas.
—E você acha isso porque eu...
—Você não é velha o bastante, por exemplo.
—Bem — disse ela — apesar de ser bom ouvir isso, posso garantir que sou velha o suficiente para limpar uma casa. O que você esperava? A Sra. Doubtfire de Uma babá quase perfeita?
Ele imediatamente se lembrou da antiga comédia e assentiu.
—Sim.
—Desculpe desapontá-lo.
Ela sorriu para ele e aquela covinha apareceu outra vez.
Oh, ela não o decepcionara. E esse era o problema. Nada a respeito daquela mulher era decepcionante. Só que não havia como a contratar. Ele realmente não precisava do tipo de distração que aquela mulher tão obviamente representava.
—Vamos começar de novo — disse ela, estendendo a mão direita. — Meu nome é Ivy Holloway e você é Tanner King.
Passaram uns dois longos segundos antes que ele apertasse a mão dela e rapidamente a largasse.
Nada dera certo desde que ele se mudara para aquilo que era a sua casa perfeita havia dois meses. 
Ele não saberia dizer por que ficara tão surpreso com aquele último revés.
O pôr do sol se derramava sobre o vale, o crepúsculo rapidamente se transformava em noite e o cabelo macio e louro da mulher oscilava ao sabor da brisa fresca que soprava da montanha. 
Ela olhava para Tanner como se ele tivesse vindo de Marte ou coisa parecida. E ele se deu conta de que não podia culpá-la por isso.
É o que acontece quando um homem que preza a privacidade se muda para uma cidade pequena onde todo mundo sabe tudo sobre a vida de todo mundo. 
Ele não tinha dúvidas de que a cidade de Cabot Valley estava curiosa a seu respeito. Mas ele não estava com pressa para satisfazer tal curiosidade. 
Tanner mudara-se para aquele lugar na esperança de encontrar alguma paz e sossego, um canto onde ele pudesse trabalhar e ficar em paz.
Claro que aquela coisa de paz e tranquilidade já havia se desintegrado. 
Ele lançou um olhar para os limites de sua propriedade, onde milhares de árvores de Natal se espalhavam até onde a vista podia alcançar. Parecia tranquilo. 
Sereno. Mas não era nada disso.
—Olhe — disse ele, apoiando a palma da mão contra o batente da porta para bloquear a entrada da mulher —, sinto muito que tenha vindo até aqui, mas você não é exatamente o que eu estava procurando. Terei prazer em pagar pelo seu tempo.
Na experiência de Tanner, as pessoas, especialmente as mulheres, estavam sempre dispostas a serem pagas. 
Ex-namoradas recebiam finos braceletes de diamantes e donas de casa que não trabalhavam fora eram contempladas com um belo cheque. Nenhum dano. Nenhuma falta.
—Por que você quer me pagar se eu ainda nem trabalhei?
—Porque essa não é uma boa ideia.
DOWNLOAD
  







Série Reis da California Parte II
1- Fim da Solidão
– Amantes ou Inimigos 
2– Segredo milionário
– Prontos para a sedução
3- Casamento temporário
– Beijo de princesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam.