domingo, 4 de novembro de 2012

Proposta Indecente

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
 Uma oferta audaciosa e irrecusável Zander Kargas precisou se tornar cada vez mais forte, primeiro para enfrentar e vencer o cruel punho de seu pai e depois para sobreviver à dura vida nas ruas. 
Ele lutou e conquistou, mas alguns desafios ainda permaneciam... 
Charlotte fora a melhor secretária com quem Zander tivera o prazer de negociar, e havia muito tempo desde que uma mulher despertara sua paixão. 
Ela, por sua vez, trabalhava para seu maior rival... 
E Zander, acostumado a comprar tudo que quisesse apenas abrindo a carteira, havia percebido que com Charlotte seria diferente. Então, decidiu seduzi-la...
Começando por uma proposta incrível e indecente! 



Capítulo Um 

Esperava por uma ligação mais do que deveria. Charlotte sabia disso. 
Devia ser distante, profissional e educada ao lidar com aquele homem poderoso. Porém, o som de sua voz, a forma como pausava após cada fala dela e o modo como sorria, ela sabia, por causa de algo que havia dito faziam-na se retorcer na cama. 
Já tinham se falado ao telefone inúmeras vezes. Na primeira, Zander foi seco. Seu sotaque grego confundia Charlotte, tanto que ela pensou ser seu chefe, Nico, de mau humor. 
Seu telefone tocou às seis da manhã e ela demorou a entender que o homem do outro lado da linha era, na verdade, o evasivo proprietário que tentava encontrar para Nico. 
Não era um de seus advogados nem sua amarga assistente pessoal com quem Charlotte estava acostumada a lidar, mas o homem em pessoa. 
- Aqui é Zander - ele disse para a mente confusa de Charlotte.  
- Pensei que queria falar comigo. Parece que me enganei. Estava prestes a desligar, claramente irritado com a demora para ser reconhecido, mas sabendo o quanto Nico se aborreceria se perdesse esse contato, Charlotte gaguejou um pedido de desculpas. 
- Sinto muito pela confusão. Fico feliz que você tenha ligado - Não completou a frase com um sarcástico finalmente, embora se sentisse tentada a fazê-lo. Em vez disso, olhou para o seu despertador. 
- É que são seis da manhã, aqui. Houve uma longa pausa e, embora não amigável, Zander soou menos ríspido. 
- Pensei que fossem oito. Você está em Atenas, não? Xanos? - Londres. - Charlotte fez força para sentar-se. 
- Você é Charlotte Edwards? Assistente de Nico Eliades? 
- Sim, mas moro em Londres. Então, inesperadamente, ele se desculpou. 
- Me perdoe. Estou na Austrália... Quando calculei o horário, pensei que você estaria na Grécia, como seu chefe. Voltarei a ligar no horário comercial. 
- Não é preciso - Charlotte apressou-se a dizer, pois não queria contar a Nico que o evasivo Zander tinha finalmente ligado, mas que estivera grogue demais para atendê-lo. 
- Não desligue. Já estou desperta. Bem, não exatamente... Oh, Deus! Houve uma longa pausa. Charlotte se contraiu, pois, em vez de se mostrar uma profissional competente, havia deixado claro que ainda estava na cama. À pausa de Zander, seguiu-se um tom de voz brevemente emocionado, que a fez enrubescer, mas não por causa das contrações involuntárias. O motivo era outro. 
- Quer tomar um café? - ele perguntou. 
- Eu ligo mais tarde. 
- Não. Estou bem... - mentiu Charlotte enquanto pegava uma caneta, determinada a estar pronta para o preço que ele dissesse, cheia de pose e comprometida com seu trabalho. 
Mesmo que estivesse louca para ir ao banheiro, ver sua mãe e tomar um café; não admitiria. Zander tornou a falar e, no frio amanhecer londrino, sua voz parecia acariciá-la. De alguma forma, o evasivo milionário não falava com ela, mas para ela. 
- Charlotte, eu voltarei a ligar em cinco minutos. Pegue um café e leve-o para a cama. Assim poderemos conversar. Estava prestes a corrigi-lo, pois apenas Nico a chamava de Charlotte no trabalho. 
A senhorita Edwards gostava de manter a formalidade, imediatamente criando um distanciamento, mas parecia bobagem corrigir Zander quando ela mesma podia ter parecido rude. Eficiente ou não, respondeu com a verdade. 
- Isso seria ótimo, senhor...? 
- Zander. - foi sua resposta rápida antes de desligar. 
 Foi assim que tudo começou. 

DOWNLOAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Carla