domingo, 26 de agosto de 2012

Seda E Sedução

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
 

 “Eu quero você...”

O que seria necessário para Danielle Hammond desenhar um colar para um dos mais valiosos diamantes do um mundo?
O corretor de pedras preciosas Quinn Everard decidiu chantageá-la a fim de convencê-la a aceitar o trabalho.
Dani era a única designer merecedora da peça... e a única mulher desejada por Quinn para ser sua nova amante. 

Ao insistir que ela se hospedasse em sua casa para finalizar a arte, Quinn finalmente conseguirá ter Dani sob sua sedutora influência.
Mas ele precisava ser cuidadoso... ou Dani, com sua inteligência e malícia, poderia descobrir seus segredos mais bem guardados.

Capítulo Um

— Danielle Hammond? Tenho uma proposta para você. Dani piscou, sacudida pelo que mais parecia um sonho. 

O sol de Queensland, que a estivera aquecendo do lado de fora do café, estava agora escondido atrás da figura corpulenta e maciça de um homem.
— Posso fazer-lhe companhia? — O leve sotaque irlandês parecia mais continental do que australiano.
Ela piscou novamente e levou alguns segundos para entender que a razão de seu devaneio, o homem que vira entrar na sua loja há apenas alguns minutos, tinha agora atravessado a rua até o café e estava ali de pé formando a imensa sombra que a abrangia.
Demorou alguns segundos para perceber que já o havia visto antes, e engolir o espanto.
Era ele... Qual era o seu nome?... Quinn Everard! 

O nome explodiu em sua cabeça enquanto ele colocava um cartão de visita sobre a mesa e puxava uma frágil cadeira branca em frente a ela.
Dani baixou os óculos escuros até a ponta do nariz e leu o cartão: 

"Quinn Everard. Corretor." Simples, sofisticado em papel acetinado prateado.
Eles nunca haviam se encontrado pessoalmente, mas ela já vira seu rosto em muitas revistas especializadas em jóias ao longo dos anos.
Ele olhou para a porta do café, e imediatamente uma garçonete apareceu. 

Quinn pediu café enquanto a curiosidade de Dani crescia.
O que poderia o grande australiano especialista em pedras preciosas querer com ela? 

Ele deixara muito claro que ela não servia nem para limpar seus sapatos.
— Encontrou algo de que gostasse? — perguntou ela, bebericando com o canudinho seu espesso milk-shake. 

Os olhos castanhos cor de chocolate sob as grossas sobrancelhas analisaram o rosto dela.
— Na loja — esclareceu ela, tirando os sapatos de baixo da mesa.
— Eu a estava procurando. Seu assistente me disse onde encontrá-la.
— Você estava olhando minha vitrine. Eu o vi.
Ele descansou o cotovelo sobre a mesa e a submeteu a uma inspeção vagarosa. 

No que dizia respeito a ela, era apenas mais uma. 
Dani enfrentou audaciosamente o olhar dele, recordando a figura alta e corpulenta que há pouco observava atentamente sua vitrine.
Como havia admirado o que parecia um terno Armani — uma raridade nos trópicos — e seu andar suave e jeitoso quando se empertigou e desapareceu lá dentro.
Ele se movia como um lutador; e quem poderia dizer que não o era? 

Sem sombra de dúvida seu nariz já fora quebrado, pois havia uma protuberância reveladora sobre ele e uma leve cicatriz no canto da boca.
Finalizando a inspeção, ele recostou-se novamente. 

— Tenho ouvido falar em seu nome ultimamente. 
Graças a Howard Blackstone, benfeitor de Dani, que a indicara como designer de destaque no lançamento de sua coleção anual em fevereiro passado.
— Provavelmente, no lançamento da coleção da Joalheria Blackstone. 

A Joalheria Blackstone era o departamento de vendas da Diamantes Blackstone, a indústria mineradora de Howard.
Dani apertou os lábios sarcasticamente.
— Ah, eu esqueci. Você não foi convidado.
Um ar de divertimento aprofundou os vincos ao lado da boca dele, evidenciando uma covinha inesperada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam.