segunda-feira, 30 de abril de 2012

Vencida Pelo Amor

ROMANCE CONTEMPORÂNEO






Uma mulher dividida entre a emoção do amor e o passado cruel Sophie Walker nunca imaginara que Seth Huntingdon transformaria sua vida num tormento de desejo e remorso.


 O novo proprietário da mansão Sedbury Hall era um intruso no seu mundo tão bem organizado e controlado. 
Com charme e arrogância, viera colocar em perigo tudo que ela prezava. Até mesmo seu coração, que via ameaçado de abrir-se ao toque apaixonado de Seth. 


Capítulo Um 


 — Sophie, querida, até que enfim! Ainda bem que chegou. Já estava começando a ficar preocupada... — Desculpe, Amanda, mas uma das crianças sofreu um acidente, no playground esta tarde, e tive de levá-la ao hospital. Tentei ligar-lhe, mas o telefone de lá não estava funcionando. 
— Oh, Sophie, espero que não tenha sido nada sério — lamentou-se. — Graças a Deus, não. Ele bateu a cabeça, mas o ferimento foi apenas superficial. — Ainda bem — foi a resposta rápida, que encerrou o assunto. 
— Agora que chegou, é melhor apressar-se e cumprimentar o pessoal, embora eu pense que deveria arrumar-se primeiro. Sophie sentiu o olhar crítico de Amanda. 
— Estou tão horrível assim? Amanda olhou com mal disfarçada inveja para a pele luminosa de sua convidada, para as ondas suaves e naturais de seu cabelo cor de mel e para os olhos azuis feiticeiros. 
— Está linda como sempre. Conheço mulheres que chegariam a matar para conseguir sua beleza, embora você não lhe dê importância. 
Sophie deu de ombros e voltou-se para cumprimentar a garota, que se apressava a apanhar-lhe o casaco. — Oi, Tracey. Foi escalada para o jantar desta noite? Como vai o pequeno Glenn, na nova escola? 
— Bem, obrigada. — O jeito tímido e rural da garota falar contrastava fortemente com o traço social de Amanda. 
— E ele está conseguindo levantar-se cedo para pegar o ônibus? — continuou Sophie. 
— Mamãe não o deixa em paz enquanto não se levanta — Tracey sorriu. 
A suas costas, Sophie ouviu a agitação de Amanda e apressou-se a entregar o casaco. 
— Vou dar uma chegada até o quarto de vestir. Não precisa me esperar, Amanda. — Ela escapou pela porta ao lado, retocou o batom e prendeu os cabelos. 
Ajeitou a bainha do vestido de veludo negro e olhou-se uma última vez no espelho. 
A roupa caía-lhe perfeitamente, embora fosse um erro tê-la comprado. 
Fora uma aquisição de última hora, pois precisava desesperadamente de algo para vestir naquela noite. Quando o experimentara, sentira-se maravilhosa e preenchera, no mesmo instante, o cheque horrivelmente alto. 
Somente ao chegar em casa e prová-la com mais calma, percebera como era sensual. 
Não era de seu feitio usar roupas provocantes, embora gostasse de se vestir bem e seu corpo fosse muito bem-proporcionado. Suspirou e apanhou a bolsa. 
Era tarde demais para se preocupar. 
Do lado de fora encontrou Amanda ainda esperando-a. 
— Puxa, Sophie! É... incrível! 
DOWNLOAD
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Carla