domingo, 15 de janeiro de 2012

Série Família Fortune

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
1- UNIÃO DE INTERESSES







Seduzida por um Fortune... 

Rico e poderoso, Case Fortune estava acostumado a ter as coisas do seu jeito. Agora sua mira apontava para a fusão de sua empresa, a Dakota Fortune, com a Refinaria Reynolds. 
Mas quando o acordo começou a tomar um rumo diferente do esperado, o único recurso que 
Case viu foi usar seu poder de carisma e sedução para deixar Gina Reynolds nas nuvens e assim adquirir a empresa de seu pai. 
No início, ela desprezou Case, mas não demorou muito para o desejar! 
E quando ele a pediu em casamento, Gina já estava aos seus pés. 

Capítulo Um

— Macacos me mordam — Case Fortune murmurou com incredulidade. 
Ele supunha que uma roupa de bibliotecária fosse pré-requisito para escrever livros infantis. Óculos de aros grossos, sapatos baixos, um vestido que ia do queixo aos tornozelos. 
Esse tipo de coisa. 
Ele olhou para a faixa que se estendia de uma extremidade à outra da seção infantil da livraria para se certificar de que estava no lugar certo. 
Tarde de Autógrafos! 
Gina Reynolds, premiada autora de CONTOS DA SAPOLÂNDIA. Sapolândia, ele pensou, engolindo uma gargalhada. 
Que tipo de mulher escrevia histórias sobre sapos? Uma nerd, ele decidiu, voltando o seu olhar novamente para a mulher em questão. Mas jamais vira uma nerd parecida com Gina Reynolds. Naquele instante, estava apoiada em uma cadeira de tamanho infantil, com um livro aberto, de modo que as crianças espalhadas ao seu redor pudessem ver as ilustrações enquanto ela lia a história para elas. 
Sentada como estava, suas pernas pareciam incrivelmente compridas, ainda mais levando em conta a saia preta curta, que se estendia até acima dos joelhos, e as botas de couro pretas que quase a alcançava. 
Seu estilo de se vestir não era a única contradição em se tratando da imagem preconcebida que Case tinha de Gina Reynolds. 
O cabelo ruivo bem claro emoldurava-lhe o rosto, caindo por sobre os ombros esbeltos. 
O nariz era coberto por ligeiras sardas. 
Os olhos, de um verde folha estonteante, brilhavam de empolgação enquanto ela lia para as crianças, com uma voz que mudava de tom, para representar a personalidade de cada personagem na história. 
Case não viera à tarde de autógrafos esperando encontrar uma beldade estonteante e não encontrara, mas, no entanto, havia algo nela que encorajava um homem a dar uma segunda olhada. 
Não tinha certeza se eram os atributos físicos ou a voz que solicitavam essa segunda olhada, mas o som de sua voz o fez apoiar o ombro em uma estante para escutar, tão cativado quanto às crianças por sua habilidade como contadora de histórias. 
Quando ela leu a última página e fechou o livro, as crianças deixaram escapar um suspiro de decepção coletivo e, na mesma hora, começaram a implorar para que ela lesse outra história. 
Uma mulher, provavelmente a gerente da livraria, rapidamente adiantou-se para intervir. 
— Sinto muito, crianças — ela disse com tristeza —, mas este é todo o tempo que a Srta. Reynolds tem para ler para vocês hoje. Se quiserem que ela autografe exemplares de seus livros, por favor, façam uma fila ao longo da parede dos fundos. — Ela virou-se para sorrir para Gina.
— Tenho certeza de que a Srta. Reynolds terá prazer em personalizar cada um deles. 
Com surpreendente graça, Gina levantou-se e foi sentar-se atrás da mesa preparada para ela, onde podiam ser vistas várias pilhas de livros. 
As crianças apressaram-se para formar a fila solicitada, que rapidamente se estendeu de uma extremidade à outra da loja. 
Embora irritado de ver que teria de aguardar mais um pouco para se apresentar, Case não estava disposto a desistir.
DOWNLOAD
  









2- DE VOLTA AO NINHO



O preço da paixão... 

No passado, Max Fortune tivera um intenso romance de verão com Diana Fielding-Young, até que ela rompeu com ele sem sequer avisar. 

Agora um homem amargurado, fortes lembranças começaram a atormentá-lo quando voltou para Dakota e seu olhar encontrou o de Diana durante um evento social. 
Ao se dar conta de que seu amor por ela ainda ardia forte em seu peito, ele jurou tê-la de volta em sua cama e fazê-la se arrepender por tê-lo tratado como um tolo. 
Mas quando o encantador reencontro se tornou fofoca de coluna social, poderia uma chocante confissão de Diana forçar Max a mudar de idéia? 

Capítulo Um 

Ao longo das duas últimas semanas, Diana fora de triste para desapontada, passando por irritada, indignada e dezenas de outras emoções por demais confusas, complexas e enlouquecedoras para rotular. 
Naquele instante, seguindo para o celeiro de Skylar Fortune, ela teria preferido qualquer uma delas antes do estado de nervos em que se encontrava. 
Não que pudesse culpar seu atual estado ao local onde se encontrava ou ao seu quase medo de cavalos. 
Também não podia culpar o propósito de sua visita matutina à propriedade dos Fortune, que era a sua primeira sessão de fotos profissionais pagas. 
Isso a deixava ansiosa, não receosa. 
O estado de nervos se devia a uma só coisa. 
Aqui, nos estábulos que eram o seu domínio, ela corria o risco de esbarrar novamente com Max Fortune. 
Ela detestou que seu tratamento frio na festa de Case a houvesse incomodado pelas duas semanas seguintes. 
Será que ele não a reconhecera? Será que não se recordava dela? 
Ou será que fora embora tão abruptamente após a breve conversa simplesmente porque não queria admitir que os dois tinham uma história? 
Por fim, repreendera-se por desperdiçar energia emocional em excesso com um caso amoroso antigo. Após três anos de viuvez, enfim voltara a encontrar o seu equilíbrio. Desde que se mudara para Sioux Falls, tivera a sorte de encontrar uma ocupa¬ção que adorava e, recentemente, assumira um cargo no estúdio e galeria de seu mentor. 
A última coisa de que ela precisava era uma força da natu¬reza, como Max Fortune, atrapalhando a sua recém-descoberta satisfação. 
Durante o percurso de carro entre Sioux Falls e a propriedade dos Fortune, repetira isso várias vezes para si mesma. 
O dia de hoje era crucial para as suas aspirações. 
Precisava se manter focalizada e profissional. Mas independente do quanto conversasse consigo mesma, não conseguiu impedir que o coração desse um salto ao sentir o barulho de cascos sobre o pavimento antigo de pedras. 
Virando-se, ela olhou por sobre o ombro para avistar o cavalo que se aproximava, sendo conduzido por... Skylar. — Obrigada, meu Deus. Ela deixou escapar um longo suspiro e sorriu quando a caçula dos cinco filhos de Nash Fortune, com a testa franzida, deteve abruptamente a montaria. 
— Diana. Você já chegou. — Eu sei. Cheguei um pouco cedo. — O que, no primeiro trabalho, era infinitamente melhor do que chegar atrasada, ela pensou. 
— Posso esperar até que esteja pronta. Não há pressa. — Não, tudo bem. Estou certa de que Max já está com a sua modelo pronta para a câmera. 
— Max? — Max Fortune. Nosso primo australiano. Você não o conheceu na festa de Case? — Sem aguardar uma resposta, Sky prosseguiu. 
— Não se preocupe, você o conhecerá agora. Max e o amigo,
DOWNLOAD
 







 Série Família Fortune
1- União de Interesses
2- De Volta ao Ninho
3- Chama da Vingança
4- Amante da Sorte
5- Ao Sabor da Sorte
6- Amor Clandestino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam.