quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Série Noivas Balfour

ROMANCE CONTEMPORÂNEO 
3- HERDEIRA DA INOCÊNCIA




Ela era inocente e estava à disposição de um soberano! 

Emily Balfour havia deixado para trás sua vida de princesa quando descobriu que tudo fora construído sobre mentiras!

Agora, apesar de sua ingenuidade, lutava para conseguir sobreviver na pobreza. 
Ao reconhecê-la como uma das herdeiras Balfour, o príncipe Luis Cordoba tramou um plano diabólico para ter aos seus pés a única mulher que o rejeitara. 
Sem casa e abandonada, ele ofereceu para Emily um teto, roupas caras, joias... e um lugar em sua cama! 
Arrebatada para seu reino, Emily não tinha outra escolha... mas seu coração a alertava para não ser apenas mais um troféu para Luis. 

Capítulo Um 


A mansão Balfour, dourada e majestosa, brilhava como um topázio num leito de veludo esmeralda. 

Cada detalhe era familiar a Emily como a palma de sua mão. 
Era a última coisa que esperava ver na estação de metrô encardida. Era hora do rush. 
Arrastada pelo fluxo dos passageiros estressados, ofuscada pelo súbito brilho daquele anoitecer de maio, o primeiro pensamento de Emily foi de que devia ser imaginação sua. 
Que depois de dois meses do exílio a que se submeteu em uma quitinete que deu uma nova dimensão à palavra sombrio, sua saudade de casa a dominara, e estava tendo alucinações. 
Um homem que estava atrás lhe deu um encontrão quando ela parou, e soltou um palavrão nojento. 
Emily balbuciou, se desculpou e forçou passagem no fluxo de pessoas, voltando à banca de jornais. 
Devia ter se enganado. 
Devia ter visto uma foto do Palácio de Buckingham, alguma notícia sobre uma pequena indiscrição real ou... Escândalo atinge a herança Balfour Horrorizada, Emily pegou um jornal e leu o texto sob o título. 
Sua cabeça girava. Estava repleto de exclamações e insinuações maldosas, mas os nomes saltaram diante dela. 
Olivia Balfour... Bella... Alexandra... Zoe... Zoe? 
— Vai comprar o jornal? Isso aqui não é uma livraria, sabe?
Vinda de um universo paralelo, a voz do jornaleiro penetrou em sua consciência.
— Oh, claro. Desculpe — ela disse depressa, vasculhando o bolso do cardigã à procura da gorjeta de cinco libras que, um bêbado lhe dera após ter contado tudo sobre sua família e seus filhos e ter colocado a mão por cima de sua saia. 
Mais calmo, o jornaleiro lhe deu uma piscadela conspiradora. 
—A velha história de sempre, hã? Lindas casas, dinheiro, festas... Mas eu me pergunto, algum dos Balfour é feliz? — Ele balançou a cabeça, dando um sorriso divertido. 
Não, Emily pensou ao afastar-se com o jornal nas mãos. 
Não acho que sejamos. Não mais. 
Tentou sorrir para ele, mas seu rosto estava enrijecido. 
Seus olhos estavam arregalados e imóveis enquanto as palavras do artigo giravam em sua cabeça. 
Descoberta chocante... relação ilícita... ilegitimidade... escândalo... 


   4- HERDEIRA DA SEDUÇÃO


Todas as garotas Balfour eram brilhantes, glamourosas e estonteantes... menos Sophie. 

Convencida de que não passava de uma mulher melancólica e sem graça, evitava a todo custo aparecer. 

Mas seu pai já estava farto de seu comportamento introvertido e a colocou para trabalhar com Marco Speranza, um siciliano tão poderoso quanto atraente. 
Sophie sabia que jamais atrairia a atenção dele, porém Marco não pensava do mesmo modo. 
A cada instante juntos, ele preparava suas teias de sedução. 
Será que Marco teria outras intenções? 

Capítulo Um 


Sophie parou no topo dos degraus e consultou a agenda. Olhou para o mapa desenhado na própria palma antes de verificar o número na porta da modesta casa com terraço, no estilo georgiano. 

Ficava numa rua com fileiras de casas iguais, mas então, como diziam, quando se trata de propriedade, localização é fundamental. 
Ergueu a mão para fazer sombra para os olhos contra o sol de julho e observou os carros luxuosos estacionados ao longo da rua. Indicavam que aquela localização poderia ser classificada como altamente desejável. 
Sophie estudou a construção. Aquele era, decidiu, definitivamente o lugar, embora não houvesse sinal algum na porta para identificá-lo. 
Pequeno, mas exclusivo, dissera seu pai, com uma reputação de excelência. 
Exatamente a espécie de lugar para ela abrir suas asas artísticas, garantira. 
— Um trampolim para o sucesso futuro! — exclamara seu pai, entusiasmado. — Você pode voar alto com seu talento, Sophie, e mostrar ao mundo o que pode fazer! 
Sophie resistira à tentação de esclarecer que um curso de decoração de interiores não a qualificaria necessariamente para conquistar aquele mundo da noite para o dia. 
Não haveria entrevista, parecia, e quando ela perguntara quando começava o novo emprego, a resposta do pai a deixou em estado de pânico. 
— Segunda-feira... esta segunda-feira... você acha que vou conseguir? Seu pai parecera austero, e Oscar Balfour podia parecer muito austero, mas, normalmente, não com ela. 
Sophie nunca lhe dera motivo; sempre andara na linha, e nunca houvera dramas na sua vida. Nunca fora objeto de manchetes constrangedoras; nada de homens inadequados em seu passado. Era um livro aberto e maçante. 
— Sei que você vai conseguir. 
— Sabe mesmo? 
— Eu sei, Sophie, que você e suas irmãs nunca me decepcionarão. Tenho fé em vocês. Todas as suas irmãs aceitaram um desafio.


Série Herdeiras Balfour
1- Herdeira do Escândalo 
2- Herdeira do Orgulho
3- Herdeira da Inocência 
4- Herdeira da Sedução
5- Herdeira da Lição 
6- Herdeira do segredo
7- Herdeira do Infortúnio
8- Herdeira do despertar
Série Concluída


3 comentários:

  1. Jenna,obrigada por postar, estava louca procurando o livro Herdeira da Inocência. Bjksssssss

    ResponderExcluir
  2. Jenna, será que você tem o livro O sheik e a virgem da Kim Lawrense (Jessica 191), tá me dando urticária para lê-lo...olha só o resumo: O príncipe Tariq Al Kamal furiosamente proíbe seu irmão de se casar com uma mulher imprópria. Em seguida, pega Beatrice e a leva para sua casa no deserto onde irá seduzi-la. Porém, Tariq ignora que ela não é a mulher desejada por seu irmão. Beatrice é uma inocente prestes a se tornar sua noiva!
    A segunda história também é interessante. bjs
    Silvia

    ResponderExcluir
  3. Silvia, acabou a urticária kkkkkk eu carreguei ele na Biblioteca, ele tem sim no blog mas estava sem marcador, bjs e boa leitura.

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam.